Solicitar Orçamento

Blog


Fique por dentro das novidades do mercado de software e tecnologia.

Desperdício de recursos: seu pesadelo número 1

04/03/2024 09:48:02

Seja qual for o ramo de atuação de uma empresa ou indústria, o desperdício de insumos está sempre entre os grandes desafios encarados pelos gestores. Além de comprometer os resultados financeiros do negócio, os problemas causados nos aspectos social e ambiental também se mostram cada vez mais preocupantes.

No setor farmacêutico, por exemplo, essa situação deve ser evitada a todo custo. Para isso, ferramentas de coleta e análise de dados qualitativos sobre a produção, distribuição e armazenamento dos materiais são grandes aliadas nesse objetivo.

Ao longo deste post, você vai entender melhor os impactos do desperdício de insumos no setor farmacêutico e descobrir as melhores iniciativas para reduzir esse índice.

Confira!

O problema de desperdício de insumos para a sociedade

Ao contrário do que muitos podem imaginar em um primeiro momento, o desperdício de insumos nas cadeias produtivas causa prejuízos que não se limitam apenas às empresas. A grande verdade é que, em alguma medida, a sociedade como um todo sente os reflexos do descarte de vários tipos de materiais e produtos finalizados.

Em um contexto macro, a má utilização de insumos resulta na indisponibilidade de uma série de recursos. Isso gera dificuldades e até interrupção nas rotinas de produção de muitos tipos de produtos, impactando até em sua distribuição.

Em um aspecto mais cotidiano, o desperdício de insumos evidencia os traços da desigualdade social. Isso porque as pessoas menos favorecidas passam a ter ainda mais dificuldade de acesso aos produtos, o que acaba agravando sua situação de vulnerabilidade.

No cenário atual, em que diversos tipos de medicamentos estão em falta nos estoques de todo o país, o tema do desperdício deve ser tratado com ainda mais cuidado no setor farmacêutico.

Afinal, a saúde é sempre um aspecto delicado e esse é um dos fatores que mais contribui com o aumento dos custos da medicina privada. Já no sistema de saúde público, falhas na gestão causam milhões de reais em perdas de medicamentos todos os anos, resultando em falta de medicamentos para grande parte da população.

Como os desperdícios de insumos acontecem no setor farmacêutico?

Assim como acontece em diversos outros segmentos, a indústria farmacêutica conta com diversas etapas em sua cadeia produtiva e de distribuição. Até que um produto chegue efetivamente às mãos do consumidor final, pode ocorrer diversas perdas caso os processos não estejam otimizados.

Nas fases produtivas, o planejamento deve ser desenvolvido de modo que não exista excessos de produção em relação à demanda. Se esse fator não for corretamente dimensionado, a empresa pode ter problemas para escoar esse volume excedente ou comprometer seus estoques com um material inesperado.

Voltando a atenção ao estoque, esse é um setor que corresponde a boa parte das perdas que ocorrem no segmento farmacêutico. Para que isso não aconteça, é fundamental que haja um controle rigoroso sobre os materiais armazenados. Além das datas de validade, as necessidades específicas de cada medicamento (como refrigeração, por exemplo) devem ser acompanhadas de perto, reduzindo os riscos de perdas.

Os processos logísticos e de distribuição dos medicamentos também devem ser estruturados de maneira objetiva. Da mesma forma que manter os produtos por muito tempo no estoque é prejudicial, procedimentos imprecisos no momento do transporte também podem causar desperdício.

Em uma análise mais profunda, fica claro que inúmeros contextos podem levar ao desperdício de insumos no setor farmacêutico. E a burocracia dos processos e a ação dessas variáveis são os principais vilões que todo gestor busca superar.

O que fazer para diminuir o desperdício de insumos?

A diminuição do desperdício de insumos em uma empresa é possível a partir de um planejamento eficaz e um bom trabalho em conjunto. A seguir, mostramos algumas formas de minimizar esse problema no setor farmacêutico.

Identifique as fontes de desperdício

Além dos pontos que citamos no tópico anterior, insumos e produtos podem estar sendo perdidos por diversas outras razões. Por isso, o primeiro passo é identificar os gargalos existentes no fluxo de trabalho e/ou logística.

Busque por eventuais falhas operacionais que possam estar afetando a capacidade produtiva, consumindo mais recursos do que o necessário e gerando desperdícios. Para isso, o ideal é fazer um levantamento pormenorizado das etapas percorridas pelos insumos e monitorar o desempenho de cada uma delas com frequência.

Realize uma boa gestão de estoque

Um estoque bem gerenciado impede a falta de insumos para produção e que eles sejam acumulados. É por isso que esse setor deve receber uma atenção especial dos gestores no combate ao desperdício.

É importante que a política de controle de estoque contemple o registro das entradas e saídas de materiais, tenha um inventário sempre atualizado e atue de forma integrada aos demais departamentos.

Planeje com base em dados

Atualmente, a maior parte das empresas já utiliza ferramentas digitais para gerar e coletar dados sobre sua atuação. Entretanto, muitas delas continuam enfrentando problemas — como o desperdício de insumos — que poderiam ser otimizados se esses dados fossem melhor aplicados em seu planejamento.

Ao buscar estabelecer uma cultura baseada em dados, o gestor favorece um ambiente de gestão corporativa mais eficiente e preciso. No final das contas, isso aprimora os processos e aumenta o controle sobre qualquer tipo de perda.

Utilize um software de estatística

Como parte da aplicação de dados no planejamento empresarial, a utilização de um software de estatística confere ainda mais visão sobre o negócio e amplia o poder de decisão. Eles realizam uma análise avançada e automática sobre as informações coletadas, proporcionando insights que levam a resultados mais expressivos em qualquer área.

Seja para o setor farmacêutico ou diversos outros, o Minitab é a solução ideal para que uma empresa obtenha o máximo em sua gestão de dados.

Quer saber mais?

Veja os principais setores em que o Minitab atua e descubras as possibilidades que essa ferramenta oferece! 

Últimos posts